PLEBISCITO

Sartori é derrotado ao propor realizar

consulta para vender estatais

Ronaldo Quadrado

Ronaldo Quadrado

Com os gritos de “Fora Sartori”, seguidos do canto do Hino do Rio Grande do Sul, servidores públicos que lotaram as galerias no Plenário da Assembleia, parlamentares das bancadas de oposição (PT, PCdoB, PSOL, PDT) e de outras bancadas que racharam na hora de dar o voto comemoraram o resultado da votação do projeto de lei 69/2018, proposto pelo Governo Sartori, que previa a ampliação do prazo para a realização de plebiscito sobre a venda das empresas Sulgás, CEEE e CRM. Por 29 votos contrários e 23 a favor, a proposta do Executivo foi derrotada, na sessão plenária desta terça-feira (5), que se estendeu até o começo da noite.

Em frente ao parlamento gaúcho, na Praça da Matriz, parlamentares e servidores continuaram com as comemorações, soltando fogos de artifício, buzinaços e mais gritos de “Fora Sartori”.

A líder da Bancada do PT, deputada Stela Farias foi uma das poucas parlamentares da oposição a subir à tribuna, durante a sessão para abordar o assunto. Disse que o governo Sartori, “obcecado pela venda das estatais, tentou retirar da Constituição Estadual a necessidade de consultar a população através de plebiscito. Tentou retirar e perdeu! Voltou atrás e agora, às vésperas da eleição, num governo cuja marca é o desmonte, a extinção, a redução, precisa urgente apresentar alguma realização”. Ela afirmou que só há uma palavra capaz de sintetizar para a população gaúcha o comportamento do Governo Sartori em relação ao seu súbito arroubo de democracia, há cinco meses da eleição: malandragem”.

A líder do PT disse também que o Governo Sartori tem se notabilizado por tergiversar para desviar o foco das questões centrais que realmente importam à sociedade gaúcha. Antes de finalizar seu discurso e pedir apoio contrário ao projeto do Executivo, Stela ainda fez um apelo a outros parlamentares que, conforme manifestou, são “colegas deputados/as, que não abandonaram seus compromissos com a população que os trouxe até aqui pelo voto”.

Para ela, fora do Estado, “é a barbárie do mercado financeiro e do autoritarismo, onde a política, o democracia e os políticos se tornam supérfluos. É isso que está em jogo com o tema das privatizações, do Estado Mínimo, do oportunismo eleitoral, mascarado de interesse público”, afirmou a líder do PT.

Antes da votação, o deputado Tarcísio Lula Zimmermann (PT) afirmou que a Bancada do PT sempre defendeu e “defenderia, até o final, que a tramitação desse projeto sobre o plebiscito é inconstitucional e ilegal”. Disse, ainda que “não vamos nos render a pauta de um governo medíocre como é o Governo Sartori. São a Sulgás, a CEEE e até mesmo a CRM com seus lucros que pagam parte substancial dos salários que o governador atrasa”

Para o parlamentar, em breve haverá uma eleição e os mesmos que estão propondo as privatizações, destruíram as fundações, atrasam sistematicamente os salários e sucatearam a saúde, a segurança e as escolas no RS praticam, em nível nacional, essa política irresponsável de preços na Petrobras.

“Uma política que gerou mais sucateamento de uma grande empresa pública e mais cortes de recursos nas políticas sociais.” Por isso, disse Tarcísio, “é importante lembrarmos aqui do Lula, um homem que, mesmo vivendo naquela jaula de 15 metros quadrados, mantém o humor e a fé e diz em alto e bom som: ‘Eu não alimento ódio, porque o ódio destrói as pessoas, mas alimento a minha inconformidade com a injustiça que fizeram a mim e a esse país’.

Ronaldo Quadrado

Ronaldo Quadrado

Texto: Roger da Rosa (MTE 6956) e assessorias dos mandatos

 

 

Publicado em 05/06/2018 às 20:54

Texto: Roger da Rosa (MTE 6956) e assessorias dos mandatos

BANCADA / stela / tarcisio

Compartilhar

Deputadas Estaduais

Stela Farias

Líder da Bancada

Stela Farias

Miriam Marroni

Vice-líder Partidária

Miriam Marroni

 

Deputados Estaduais

Luiz Fernando Mainardi

Vice-líder da Bancada

Luiz Fernando Mainardi

Tarcísio Zimmermann

Líder Partidário

Tarcísio Zimmermann

Endereço: Praça Marechal Deodoro, 101/506 - Porto Alegre-RS - Fones: (51)3210-2913 (Bancada) e (51)3210-1123 (Imprensa)
ptsul@ptsul.com.br

Projetado, desenvolvido e mantido pela coordenadoria da Bancada do PT/AL-RS

Este trabalho foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 3.0 Adaptada