LDO 2019

PT rejeita proposta orçamentária de

Sartori que não contempla reajustes a

servidores

Ronaldo Quadrado

Ronaldo Quadrado

O projeto de lei sobre as diretrizes para elaboração da Lei Orçamentária (LDO) para o exercício econômico-financeiro de 2019 foi a votação nesta terça-feira (10), na sessão plenária da Assembleia Legislativa. A proposta foi aprovada por 34 votos a favor e recebeu 17 votos contrários. A Bancada do PT e de outros partidos da oposição votaram contra a matéria.

Na tribuna, dois deputados petistas, Tarcísio Zimmermann e Luiz Fernando Mainardi apresentaram a posição da bancada e defenderam emenda prevendo reajustes para os servidores públicos. Todas foram rejeitadas pelos parlamentares da base governista.

Mainardi explicou que a votação da LDO indica o posicionamento que os partidos terão no próximo ano em relação a temas importantes do Estado. Ele chamou a atenção, em relação à política salarial para os servidores, o que impacta direta e indiretamente cerca de 1,3 milhão de pessoas no RS. Disse: “Ao votar, os partidos estarão descrevendo o que seus candidatos ao governo farão caso se elejam. Nós apresentamos emenda que pretendia recuperar, em parte, as perdas salariais que os servidores tiveram nesses quatro anos do governo Sartori, que deverão ser de 25%.”

Mainardi reforçou que ao votar no projeto do governo, as bases de MDB e PSDB demonstraram que não têm qualquer compromisso com a recuperação salarial dos servidores.

Política recessiva

O deputado Tarcísio Zimmermann lembrou que a proposta de reajuste zero previsto na proposta de LDO encaminhada pelo Governo Sartori repete as políticas recessivas e de desmonte do Estado aplicadas pelos governos do PSDB, MDB e aliados.

“Salário parcelado, reajuste zero: essa é efetivamente a receita do PMDB, que segue a mesma e triste receita do PSDB da Yeda, do Fernando Henrique, do Alckmin, e a que destrói o serviço público e as possibilidades da cidadania”, afirmou Tarcísio. Ele também destacou que um quarto do salário dos servidores públicos já foi “engolido” pela inflação, graças aos quatro anos de Sartori no governo. “O reajuste de 10% proposto pela nossa bancada foi uma forma de iniciar um processo de reposição no salário dos servidores”, explicou o parlamentar.

Texto: Roger da Rosa (MTE 6956) e assessorias dos mandatos

 

 

Publicado em 10/07/2018 às 16:44

Texto: Roger da Rosa (MTE 6956) e assessorias dos mandatos

BANCADA / mainardi / tarcisio

Compartilhar

Deputadas Estaduais

Stela Farias

Líder da Bancada

Stela Farias

Miriam Marroni

Vice-líder Partidária

Miriam Marroni

 

Deputados Estaduais

Luiz Fernando Mainardi

Vice-líder da Bancada

Luiz Fernando Mainardi

Tarcísio Zimmermann

Líder Partidário

Tarcísio Zimmermann

Endereço: Praça Marechal Deodoro, 101/506 - Porto Alegre-RS - Fones: (51)3210-2913 (Bancada) e (51)3210-1123 (Imprensa)
ptsul@ptsul.com.br

Projetado, desenvolvido e mantido pela coordenadoria da Bancada do PT/AL-RS

Este trabalho foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 3.0 Adaptada