1º DE MAIO

Manifestação por Lula Livre em Curitiba

teve participação da Bancada do PTRS

Deputado Tarcísio Zimmermann (PT) - Ronaldo Quadrado

Deputado Tarcísio Zimmermann (PT)

Ronaldo Quadrado

As manifestações pelo Dia Internacional do Trabalho, cujo principal ato no Brasil ocorreu na terça-feira (1º), em Curitiba (PR), foram tema do discurso do deputado Tarcísio Zimmermann (PT), nesta quarta-feira (2), na tribuna da Assembleia Legislativa gaúcha. De acordo com o parlamentar, foi com emoção que a bancada do Partido dos Trabalhadores no Rio Grande do Sul esteve, nos últimos dois dias, na capital paranaense, levando solidariedade ao presidente Lula.

Várias delegações de diversos estados do Brasil estiveram presentes em Curitiba, “num poderoso movimento nacional, para dar bom dia, boa tarde e boa noite para o maior líder político do nosso país”, citou Tarcísio. Ele afirmou que "quem estava lá reconheceu a grandeza do gesto político do presidente Lula de se submeter a essa injusta condenação e a esse crime cometido pelo Judiciário”, argumentou o parlamentar.

Tarcísio valorizou a atitude de Lula ao afirmar que ele “é um líder que, facilmente, poderia ter optado por buscar asilo político em praticamente qualquer país do mundo e que o mundo inteiro o receberia de braços abertos, reconhecendo o seu monumental legado na luta contra a fome, pela paz e para trazer de volta a esperança para a humanidade”. Mas, “Lula escolheu ficar ao lado do povo brasileiro”, disse. Por essa atitude, explicou Tarcísio, Lula aceitou ir para a cadeia e se tornou um prisioneiro político e não um político preso. “Ninguém poderá dizer que o presidente Lula fugiu e abandonou o seu povo”, lembrou o parlamentar.

Pelo que observou ontem em Curitiba, Tarcísio diz que o povo brasileiro não abandonou Lula. A prova disso é que, conforme as últimas pesquisas, “quanto mais o difamam, quanto mais esse período fascista da nossa existência produz mentiras, quanto mais tentam intimidar o povo, tanto mais esse povo compreende os movimentos da elite”, lembra o deputado.

Unificação

Pela primeira vez na história da democracia brasileira, houve um ato no 1º de Maio que unificou todas as centrais sindicais do Brasil. “Estavam todas lá porque reconhecem que defender Lula é defender os direitos do povo brasileiro. Sabem que defender Lula é defender um salário mínimo mais digno, o direito à aposentadoria, os nossos jovens na universidade e o direito que o nosso povo não morra em desmoronamento de edifícios ou deslizamentos de terra por falta de moradia”, citou Tarcísio, referindo-se ao desabamento de um prédio ocupado por famílias sem teto em São Paulo, também no 1º de maio.

Roger da Rosa – Jornalista (TEM 6956/RS)

 

 

Publicado em 02/05/2018 às 18:04

Roger da Rosa – Jornalista (TEM 6956/RS)

BANCADA / tarcisio

Compartilhar

Deputadas Estaduais

Stela Farias

Líder da Bancada

Stela Farias

Miriam Marroni

Vice-líder Partidária

Miriam Marroni

 

Deputados Estaduais

Luiz Fernando Mainardi

Vice-líder da Bancada

Luiz Fernando Mainardi

Tarcísio Zimmermann

Líder Partidário

Tarcísio Zimmermann

Endereço: Praça Marechal Deodoro, 101/506 - Porto Alegre-RS - Fones: (51)3210-2913 (Bancada) e (51)3210-1123 (Imprensa)
ptsul@ptsul.com.br

Projetado, desenvolvido e mantido pela coordenadoria da Bancada do PT/AL-RS

Este trabalho foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 3.0 Adaptada