EM DEFESA DO BANRISUL

Cercada de suspeitas, venda das ações

do Banrisul é denunciada em várias instâncias

Ronaldo Quadrado

Ronaldo Quadrado

A Bancada do PT na ALRS reuniu nesta terça-feira (08), ao meio-dia, com o presidente do Sindicato dos Bancários de Porto Alegre e Região, Everton Gimenis, e a diretora da Federação Estadual das Trabalhadoras e Trabalhadores nas Instituições Financeiras do RS, Denise Falkenberg. Na pauta, a venda das ações do Banrisul, abaixo do preço de mercado, realizada pelo governo Sartori, praticamente em segredo.

Everton Gimenis informou das medidas adotadas pelas entidades sindicais junto ao Ministério Público de Contas, à Comissão de Valores Mobiliários, ao Banco Central e ao Ministério Público Estadual. Na manhã desta terça, o presidente do Sindbancários, acompanhado do ex-governador Tarso Genro - na condição de consultor jurídico da entidade – entregou notícia-crime ao Procurador-Geral de Justiça, Fabiano Dallazen, apontando o conjunto de irregularidades que cercam os leilões de venda das ações do Banrisul.

Ao final da reunião, o deputado Zé Nunes, que preside a Frente Parlamentar em Defesa do Banrisul, anunciou a solicitação de uma audiência com a Comissão de Valores Mobiliários, para apresentar o conjunto de irregularidades constatadas nas vendas das ações.

Manobras envolvendo a venda das ações:

- Em outubro de 2017, o governo anunciou a venda de 49% das ações ordinárias do banco, e todas as ações preferenciais que ainda estavam em poder do Estado.

- Em dezembro, o governo adiou a venda por conta de condições desfavoráveis de mercado.

- Em abril de 2018, o Banrisul publicou Fato Relevante informando “que o Estado do Rio Grande do Sul comunicou que decidiu não mais realizar a oferta pública de ações”.

- Dias depois, de surpresa, foram vendidas 26 milhões de ações ao preço de unitário de R$18,65, perfazendo um total de R$ 485 milhões. Notícias dão conta que apenas um comprador levou 70% das ações ofertadas.

- Final de abril, sem qualquer aviso à população gaúcha, o governo vendeu 2,9 milhões de ações ordinárias do Banrisul (com direito a voto). O preço unitário foi de R$ 17,65 por ação, totalizando o valor de R$ 52,5 milhões. No pregão, apareceu apenas que a oferta foi lançada pela corretora do BTG.

Texto: Eliane Silveira (MTE 7193)

 

 

Publicado em 08/05/2018 às 17:45

Texto: Eliane Silveira (MTE 7193)

BANCADA / jeferson / mainardi / nelsinho / tarcisio / zenunes

Compartilhar

Deputadas Estaduais

Stela Farias

Líder da Bancada

Stela Farias

Miriam Marroni

Vice-líder Partidária

Miriam Marroni

 

Deputados Estaduais

Luiz Fernando Mainardi

Vice-líder da Bancada

Luiz Fernando Mainardi

Tarcísio Zimmermann

Líder Partidário

Tarcísio Zimmermann

Endereço: Praça Marechal Deodoro, 101/506 - Porto Alegre-RS - Fones: (51)3210-2913 (Bancada) e (51)3210-1123 (Imprensa)
ptsul@ptsul.com.br

Projetado, desenvolvido e mantido pela coordenadoria da Bancada do PT/AL-RS

Este trabalho foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 3.0 Adaptada